Crônica do Dia – A bicicleta – Por Whisner Fraga.

Esse uai atravessado na voz infantil não é suficiente para voltar.

 

Whisner Fraga 

Whisner Fraga

Helena me pergunta sobre os tombos da infância. Sei que as quedas são mais frequentes agora, na maturidade, e que a memória recente é mais fácil de ser acessada. Sou obrigado a afinar a lembrança. Vamos longe, lá na pré-adolescência. Descemos eu, Agnaldo e talvez João, a extensa avenida triste. Varamos o asfalto encapetado, borbulhante de um meio-dia vermelho. A bicicleta emprestada era pequena para os três: Um na garupa, outro no selim e outro se arrumava como podia na barra central. Esse outro era eu, expliquei.

A menina quer o baque e eu quero a história.

Chegamos a um acordo: ela cede e ouve. O clímax está próximo. A velocidade alta demais para as duas rodas, a descida escarpada. Em breve haveria um meio-fio, um muro. Por enquanto era apenas a corrida, os gritos, o medo. E o medo vinha de décadas até o ouvido de Helena. O pai já fora menino? O pai já caíra?

Até que ele perde o controle, o guidão é abandonado e estamos os três no chão e ninguém nos ajuda. Os colegas uniformizados riem. Os vizinhos riem. Os carros param e os motoristas riem. Ninguém se preocupa com nossos gemidos, com nossos joelhos contundidos, com nossos braços ralados, com os cadernos derramados pelo chão.

E onde foi isso?

Em Ituiutaba.

E onde foi isso?

Pai, eu quero conhecer essa esquina onde vocês capotaram.

Acho que não, filha. Ituiutaba é longe, é mil anos. Ituiutaba não é nada para nós.

Teve algum outro?

Outro o quê?

Tombo, uai.

Minas é um torrão engastalhado em minha garganta, escrevi certa vez. Esse uai atravessado na voz infantil não é suficiente para voltar.

Há tombos que devemos esquecer.

Categorias: Whisner Fraga

Sobre o Autor

Whisner Fraga

É escritor. Autor de oito livros, dentre eles: “Lúcifer e outros subprodutos do medo”, Editora Penalux, 2016. Teve texto traduzido para o alemão, por ocasião da Feira de Frankfurt, em 2013.

Deixe um comentário

Você está autenticado como Whisner Fraga | Sair

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
Whisner Fraga
wpDiscuz