Delegado que recebeu pensão indevida por 6 anos tem R$ 3 milhões em bens bloqueados

Pela fraude, os dois são réus em uma ação de ressarcimento ao erário movida pela União.

Bens bloqueado - Imagem: Ascom/AGU

Imagem: Ascom/AGU

A Advocacia-Geral da União (AGU) obteve na Justiça o bloqueio dos bens de um delegado aposentado e de sua esposa para o ressarcimento de quase R$ 3 milhões ao erário. O valor corresponde ao recebimento indevido da pensão vitalícia da mãe do réu, servidora do Ministério da Fazenda, por mais de seis anos após o falecimento dela.

O ex-delegado da Polícia Civil não informou o óbito da mãe ao governo federal e ainda apresentou, após a morte dela, uma procuração com autorização específica para representá-la junto ao ministério. Posteriormente, ele também nomeou sua esposa como procuradora da falecida mãe. Ao longo dos seis anos, o casal recebeu ilegalmente mais de R$ 2,8 milhões.

Pela fraude, os dois são réus em uma ação de ressarcimento ao erário movida pela União. A Procuradoria-Seccional da União em Juiz de Fora (PSU/JFA), unidade da AGU que atua no caso, também entrou com um pedido liminar de bloqueio dos bens deles, para garantir que os recursos não sejam dilapidados.

A 3ª Vara da Justiça Federal de Juiz de Fora atendeu ao pedido da AGU e concedeu a liminar de bloqueio dos bens, reconhecendo explicitamente a má-fé dos réus no caso.

A PSU/JFA é unidade da Procuradoria-Geral da União (PGU), órgão da AGU.

Ref.: Processo nº 3090-98.2017.4.01.3801 – 3ª Vara da Justiça Federal de Juiz de Fora (MG).

——————————————————————————————————————————————————————————
REFERÊNCIAS:
As informações são DO SITE DA agu
Fonte: http://www.agu.gov.br/page/content/detail/id_conteudo/576001

Categorias: Geral

Sobre o Autor

Herbert Soares

Sou um amante do jornalismo. Muito embora não tenha tido oportunidade para me tornar um jornalista, de fato. Diante da felicidade do convite do Jornal de Caruaru, passo a colaborar com Clipping de notícias diversas. Algumas imagens e matérias postadas são de fontes diversas (internet). Caso você seja o detentor dos direitos de algum vídeo, imagem, texto ou qualquer outro conteúdo publicado e seja contrário a exibição em nosso site, favor entrar em contato conosco através do e-mail: jornaldecaruaru@gmail.com para que possamos retirar ou incluir os devidos créditos.

Deixe um comentário

Você está autenticado como Herbert Soares | Sair

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
Herbert Soares
wpDiscuz