Coluna Ética e Política – NOVELA FAZ IDOLATRIA AO TRÁFICO! – Por Erick Lessa

Vivemos em nosso país, lamentavelmente, uma grave crise de referências, principalmente em função dos mais variados casos de corrupção descortinados diariamente em operações policiais, de combate a esse crime de lesa-pátria, desencadeadas por polícias investigativas e Ministério Público no Brasil, todas sendo amplamente expostas na mídia.

Erick Lessa

Erick Lessa

Entretanto, as organizações criminosas para desviar recursos da administração pública, os chamados “propinodutos”, não são os únicos desvios de conduta expostos em nossa imprensa, diariamente.

Em meio a esse ambiente, a emissora de televisão aberta mais vista do país, a TV Globo, expõe diariamente em horário nobre, onde a família brasileira está reunida em frente à TV, com todo o glamour (se é que isso seja possível), a história da personagem “Bibi”, inspirada na vida real da traficante Fabiana Escobar, conhecida no Rio de Janeiro como “Baronesa do Pó”, pois foi casada com Saulo de Sá da Silva, o “Barão do Pó” da favela da Rocinha, e na trama novelística essa figura é vivida pela atriz Juliana Paes.

Não fosse só, a mesma rede de TV expôs, também em rede nacional em horário nobre do domingo, promoveu o encontro entre a atriz e a, agora superfamosa, traficante Fabiana Escobar, como quem amenizando a conduta criminosa e como faz diariamente na telenovela, quase que idolatrando e tornando referência às avessas, a marginal e o seu mundo do crime.

Vamos transcrever o tipo do Código Penal chamado – Apologia ao Crime, preconizado no art. 287: “Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime”. Não precisa muito esforço para chegar a conclusão do título deste texto.

Essa não é a primeira vez que isso ocorre, e infelizmente, parece que não será a última, entretanto devemos como sociedade e pais de família refletir, principalmente na criação dos filhos e na relação com a comunidade, se esse tipo de conteúdo trará algum reflexo positivo na formação das futuras gerações.

Fica a reflexão. Esteja atento à próxima edição da coluna Ética e Política, que é divulgada todas as quintas-feiras. Você pode dar sugestão de temas, fazer críticas e elogios para o e-mail: ericklessa04@gmail.com.

Banner-Erick

Esta Coluna tem o oferecimento de:

Etigraf

Sobre o Autor

Erick Lessa

Erick da Silva Lessa, 39 anos de idade. Delegado de Polícia de Pernambuco, Professor Universitário. Bacharel em, Direito, com especialização em Segurança Pública e Cidadania. Destacada atuação na PCPE, principalmente por dirigir operações de combate à corrupção como Ponto Final I e II e Hipócrates (corrupção na área médica). Em 2016 concorreu ao cargo de prefeito de Caruaru, alcançando a expressiva votação de 41.102 votos, no pleito municipal. Sugestões, elogios ou críticas escreva para o e-mail: ericklessa04@gmail.com

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz