Michel Temer pretende acabar com auxílio-reclusão para presos

O governo federal estuda acabar com o auxílio-reclusão, que é concedido às famílias de presidiários que contribuem para o INSS. A medida gerará uma economia de R$ 600 milhões em 2018, segundo cálculos do Ministério da Fazenda, a qual a Coluna teve acesso.

 auxílio-reclusão

A proposta ainda está em fase de estudo pelo governo, mas é defendida por ministros pela economia gerada em um momento de crise como o que o País está passando. “Não é pra fazer caixa. Isso é um absurdo. Na situação que o país está? Benefício para preso?”, diz um ministro.

A proposta de modificação no benefício será encaminhada pelo governo por meio de uma PEC, que precisa ser aprovada pelo Congresso. Com informações de O Estadão.

Categorias: Mundo da policia

Sobre o Autor

Jornal de Caruaru

O Jornal de Caruaru constantemente pratica a reprodução de conteúdo com menção da fonte. Algumas imagens e matérias postadas são de fontes diversas (internet). Caso você seja o detentor dos direitos de algum vídeo, imagem, texto ou qualquer outro conteúdo publicado e seja contrário a exibição em nosso site, favor entrar em contato conosco através do e-mail: jornaldecaruaru@gmail.com para que possamos retirar ou incluir os devidos créditos.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz