Contos do Carlos Pinheiro

Voltar à Página Principal
Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – Rei Momo fora de perigo – Por Carlos Pinheiro

“Quando afirmamos que o pré-Carnaval está salvo é porque, na semana que passou, até baile de Carnaval tivemos” Ufa! Conseguimos! O pré-Carnaval de Caruaru se afirma e resgata a nossa

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – Em banco alto – Por Carlos Pinheiro

Tão logo D. Helena da Sucata abriu o bar, o Velho Folião se instalou na calçada em banco alto, muito alto, onde se sentou trajando vermelho e branco do Comércio,

Contos do Carlos Pinheiro

Crônica do Dia – Agonia noturna – Por Carlos Pinheiro

“E, aí, meu nego, vai comigo ou vou sozinha”? Por sorte a cama era larga e aconchegava seu grande corpo e suas agônicas lembranças do Carnaval de Caruaru com confetes,

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – Carne-bêba – Por Carlos Pinheiro

Carne-bêba era negro magro, desbarrigado, tido pela comunidade como doido, mas de maluco não tinha nada, só não gostava de tomar banho e acusava a seca por tornar os homens

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – “Nem faz caso do luar” – Por Carlos Pinheiro

Ah! Como gostaria de dizer como antigamente: “Choveu a noite toda”! Mas, a chuva não vem há seis anos. Imagine o que é viver no Agreste esturricado de Pernambuco sem

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – Pote d’água na cabeça – Por Carlos Pinheiro

Seis anos sem chover em Caruaru e o povo ainda consegue sorrir, fazer festa com Trio Pé-de-Serra; bebe, dança e canta como se o paraíso fosse aqui. E é. Mas,

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – Propinodólar – Por Carlos Pinheiro

“Fico imaginando o quanto custou as calcinhas de Adrianinha e as cuecas de Serginho?” O Rio de Janeiro continua quebrado, insolvente e por roubalheira de Sérgio Cabral do PMDB, da

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – E a menina se tornou prefeita – Por Carlos Pinheiro

Não digo que vi Raquel Lyra nascer porque não sou médico parteiro nem exagero na intimidade com a família Lyra. Mas a vi crescer junto com a sua irmã Nara

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – Papai Noel de bicicleta – Por Carlos Pinheiro

Nada se compara em termo de ansiedade à aflição da criança inocente à espera de Papai Noel em Noite de Natal. O que se passa na cabeça infantil, no imaginário

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – A tulipa roxa – Por Carlos Pinheiro

Na internet, de vez em quando, a gente encontra coisa primorosa, digna de reprodução e de autor desconhecido. Fiz uns retoques e passo pra vocês. Zé namorava Maria, moreninha de

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – “Sem rádio nem notícias das terras civilizadas” – Por Carlos Pinheiro

Estou pensando seriamente em me exilar completamente aqui no sítio, desfazer-me do computador, do telefone, desligar rádio e televisão, me alienar da vida social deste país. Hoje, aos sábados, vou

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – As mãos habilidosas de Joel Galdino – Por Carlos Pinheiro

O acervo das peças figurativas do Mestre Galdino é o retrato fiel do Nordeste. São 13 obras de arte que tratam diretamente do sagrado, dos mitos, do profano, sob o

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – O mundo está mais leve – Por Carlos Pinheiro

Com a morte do ditador Fidel Castro o mundo faz sua translação sorridente, respirando aliviado em se ver livre daquele que matou milhares de pessoas no Paredon apenas por discordarem

Contos do Carlos Pinheiro

Crônica do Dia – Medo de injeção – Por Carlos Pinheiro

Desesperado com a vida, o sujeito tomou um porre tão grande que dormiu por dois dias inteiros, não se levantando nem pra fazer xixi. Acordou, ligou a televisão pra saber

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – Fogo no Forró – Por Carlos Pinheiro

Dizem que os meninos da droga, os noiados, reuniram-se sob o Pórtico do Forró na Estação Ferroviária e, entre uma baforada da erva boliviana e uma cheirada de cola americana,

Contos do Carlos Pinheiro

Coluna do Dia – “Por que não te calas?” – Por Carlos Pinheiro

A falta de segurança que a gente de Caruaru passa é tão grande que faltou um grito para o delegado Erick Lessa ser alçado à Prefeitura de Caruaru na esperança