Zélia Maria Freire

Voltar à Página Principal
Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – EM TEMPOS BICUDOS – Por Zélia Maria Freire

Em tempos bicudos uma boa leitura até que ajuda atravessar a má fase, por esses dias andei lendo o escritor Daniel Goleman, que me levou a refletir sobre o estado

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – SOBRE CRÍTICA – Por Zélia Maria Freire

Você que escreve já teve suas obras criticadas, críticas essas azedas e nada favoráveis? Se, paciência… Dos hoje considerados gênios da literatura universal, na sua época tiveram suas obras criticadas

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – MINHA PORÇÃO DIABINHO (EC) – Por Zélia Maria Freire

Quando Deus criou o mundo ficou entusiasmado com a sua obra e pensou com os seus botões… Alguém tem que desfrutar dessa beleza. E criou o homem e a mulher.

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – EXIBA O SEU SENSO DE HUMOR – Por Zélia Maria Freire

Outro dia fui aconselhada para quando entrar no meu “pensatório” deixar a porta aberta e ouvir de preferência MPB, saindo assim do meu estado de caramujo largando os schuberts, os

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – “SE PUDERES OLHAR, VÊ. SE PODES VER, REPARA”. – Por Zélia Maria Freire

Inicio esta crônica fazendo uma citação do El-Rei filósofo de Portugal Dom Duarte I, contida na contracapa do livro de José Saramago, “Ensaio sobre a Cegueira”, que diz: “ Se

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – CORTINAS CERRADAS – Por Zélia Maria Freire

Sempre que chove Tudo faz tanto tempo… E qualquer poema que acaso eu escreva Vem sempre datado de 1779! Mário Quintana Enquanto nuvens cobriam o sol , o vento sacudia

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – PROCURA-SE UMA POMBA DE UMA ASA SÓ – Por Zélia Maria Freire

“Vive-se. A que será que se destina?” (Caetano?) Já que o assunto me interessa, dizei-me vós leitor, se o ninho da “pomba com uma asa só, na ponta dum pé

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – UM CAMINHO PARA A SALVAÇÃO – Por Zélia Maria Freire

“Se o diabo diz: não bebas! É preciso responder: vou beber de qualquer modo e, já que me proíbes, beberei uma boa porção”. São tantos padres, bispos, bispas, pastores e

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – NEM TODOS OS HOMENS SÃO VELHACOS NEM TODOS OS CREDOS SÃO DUVIDOSOS – Por Zélia Maria Freire

“E pensar que “cada vento De oratória agita as águas e Desvia o curso…” (Platão) Não é fácil entender o humor de Millor Fernandes, o que não o torna menos

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – DOS QUE ESCREVERAM A HISTÓRIA , QUE SEJAM SEMPRE LEMBRADOS  – Por Zélia Maria Freire  

“Há no íntimo  o  desejo  de   compartilhar  o  que encantou e   o  que  trouxe  conhecimento      com os que nâo quiseram ir, diretamente, ao encontro daqueles       mestres      e      das     suas     páginas

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – DE NOVO??? – Por Zélia Maria Freire

E tem nego se esgoelando pedindo ELEIÇÕES JÁ!!! – sem se preocupar com a folha corrida da excelência que quer entronizar… DE NOVO!!! – Enquanto isto eu fico aqui pensando

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – CORRENDO ATRÁS DO RISO – Por Zélia Maria Freire

“E a causa do riso, advém de onde? Jouber afirma que vem da matière ridicule.” Noite alta, só não sei se o céu era risonho, no entanto a quietude era

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – Ô LINGUAZINHA DIFÍCIL! – Por Zélia Maria Freire

Ô linguazinha difícil! Pelo jeito não vou passar desta coisa : the book is on the table, o que lamento, é the end of my dream. Hão de me perguntar:

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – A TRISTEZA FAZ PARTE DA VIDA – Por Zélia Maria Freire

“Aquele que nunca viu a tristeza, nunca reconhecerá a alegria.” (Khalil Gibran) O filósofo Montaigne fala da tristeza como uma disposição de espirito que ele não apreciava nem tampouco valorizava.

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia –  COMO LIDAR COM A RECUSA DA REALIDADE? – Por Zélia Maria Freire

O destino do córrego é o rio O destino do rio é o mar. O destino do mar é o horizonte. 0 horizonte, ilusão de não findar, Transforma-se em infinito.

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – ALEGRIA É UM DIREITO DE TODOS – Por Zélia Maria Freire

“Sentir-se triste nunca é desculpa para Perder a chance de ficar alegre” (V. Viene) Li um texto de Cirilo Veloso, que trata da “Arte de ser alegre”. Gostei do que li

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – POR QUE JOGUEI PEDRA NA LAGARTIXA? – Por Zélia Maria Freire

Interessante como tem modinha que se encaixa perfeitamente em determinados momentos da vida da gente, ontem, por exemplo, eu ouvi até a exaustão, Roda-Viva do Chico, isto porque “tem dias

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – OS DIAS SE VÃO – Por Zélia Maria Freire

“Enquanto não chega a minha hora, o que faço é procurar o porto seguro da verdade” O dia é um daqueles que você levanta, olha o mundo pela janela, depois

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – ASSIM FALO EU – Por Zélia Maria Freire

“Não sou eu quem me navega Quem me navega é o mar” ( Paulinho da Viola) Via-me diante do por sol e o espírito da “melancolia do crepúsculo” tomou conta de

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – EMOÇÃO INDIFERENTE – Por Zélia Maria Freire

A televisão exibe um rapazinho caído ao relento, desfalecido, alguém o carrega sob os olhares curiosos dos que dele se acercaram. Quadro de novela A cena acima descrita suscita emoção.

Zélia Maria Freire

Crônica do Dia – O PENSAMENTO DE VIRGINIA WOOLF – Por Zélia Maria Freire

“Os valores masculinos e Femininos não são opostos, Mas complementares ( Virgínia Woolf) Li tempos atrás um texto sob o título “A possível genialidade feminina”, baseado no pensamento do filósofo